Nova regra do CRM para regulamentação das cesáreas

O CRM implantou novas leis para as grávidas que optam por realizar cesárea. Agora, o parto só poderá ser feito a partir da 39°  semana.

É dada a gestante a opção de escolha do tipo de parto após a 39° semana de gestação. É o que chamamos de cesárea a pedido, quando não há indicação médica para se fazer a cirurgia, mas a vontade da mãe é que seu bebê nasça de pato cesárea ao invés de parto normal.

No entanto e, essa opção de parto, sem indicação médica, não pode comprometer a saúde dos bebês nascidos desta forma e foi observado em estudos científicos um aumento do número de bebês com desconforto respiratório, hipotermia e hipoglicemia quando a cesárea é realizada antes da 39° semana de gravidez, por isso a cesárea a pedido deve ser realizada após esse tempo.

As últimas semanas são muito importantes para a maturidade pulmonar que é alcançada pela produção de uma substância chamada surfactante.

O surfactante pulmonar diminui a tensão superficial entre ar e líquido no interior doa alvéolos. Alterações na sua produção resultam em colapso alveolar, o que ocasionam a Síndrome do Desconforto Respiratório. Quanto menor a idade gestacional ao nascimento, maior é o risco de desenvolvimento de SDR. Assim, com 29 semanas o risco de SDR é maior de 60%; 20% com 34 semanas e 5% acima de 37 semanas.