Como cuidar do seu bebê antes mesmo de engravidar?

Quem sonha em ser mãe, precisa marcar uma consulta ginecologia 3 meses antes de tentar engravidar para fazer um check-up e avaliar se o corpo está em perfeitas condições para receber uma nova vida. Alguns exames e cuidados devem ser tomados para o começo de uma boa gestação. Listamos aqui alguns:

Papanicolau: 

Antes da gravidez recomenda-se fazer um Papanicolau para garantir que tudo esteja bem

Exame de urina:

Devem-se fazer exames de urina para saber se a futura mamãe tem alguma infecção urinária, pois essas podem acarretar em aborto espontâneo, parto prematuro e baixo peso dos bebês.

Exame de sangue: 

O hemograma completo precisa ser feito para verificar se a paciente está com anemia ou algum outro indicador alterado. Também é necessário fazer exames de sangue para saber se a nova mamãe está com imunidade para doenças como hepatite B, rubéola e toxoplasmose.  Outros testes devem ser feitos para diagnosticar e descartar a sífilis e HIV/AIDS.  A detecção de qualquer problema é importante para o acompanhamento da gestação e para a saúde da mãe e do bebê.

Controle da pressão arterial:

Verificar a pressão arterial antes de engravidar é imprescindível, pois a hipertensão (pressão alta) pode causar problemas na gestação.

Uso de ácido fólico:

Esta vitamina previne os defeitos de formação do tubo neural do bebê.

Vacinas:

A vacinação pode prevenir aborto espontâneo e malformações. Os exames de sangue detectarão se a paciente tem imunidade ou não para algumas doenças como rubéola, catapora, hepatite e tétano, caso não tenha para alguma delas, deve-se tomar a vacina correspondente

Tabaco, bebidas alcoólicas e drogas:

Uma grávida não deve fumar, beber e nem usar drogas para o seu próprio bem e pela saúde do bebê.  É necessário parar com todos os vícios antes de engravidar, para não ter recaídas durante a gestação. Falar disso com o médico é importante porque ele pode adotar um programa que ajude a paciente a parar com o tabaco, álcool e drogas.

Não deixar nenhuma dúvida para trás:

Falar com a ginecologista sobre qualquer preocupação é extremamente importante. Não deixe de dizer os remédios que toma e os tratamentos que esteja fazendo, pois alguns podem afetar a gestação e às vezes é preciso alterar alguma medicação.